Você está na idade da pedra

Parece que você está navegando em um iStone, pois o seu navegador não suporta javascript ou o seu javascript está desativado. Por favor, ative o javascript e recarregue a página.

A corrupção do artista – Lucre Bem
Cotação do mercado de criptoativos nas últimas 24 horas. Visualizar todos os criptoativos disponíveisTemos um presentão pra você, descubra.
  • Português
  • English
  • Aqui você se promove e ainda pode ganhar dinheiro.
    Saiba +

    A corrupção do artista

    5
    (2)

    Nunca contei pra vocês, mas eu larguei um sonho de lado por causa da arrogância do próprio pessoal da área. Acontece que sempre gostei do meio artístico, tanto pra música, arte ou atuação, e uma das áreas que mais me interessavam era a dublagem. Eu até fazia brincadeiras às vezes com amigos, já fui incentivado a entrar na área, mas isso foi antes de ver como as coisas realmente funcionam.
    Hoje, no mercado da dublagem, a cada 10 dubladores, só 2 prestam, e desses 2, 1 é das gerações mais jovens, 1 é da velha guarda (os que fizeram sucesso nos anos 70, 80 e 90), e os outros 8 que não prestam são das gerações mais jovens. Digo isso por que de uns anos pra cá fui vendo como a dublagem caiu a qualidade no Brasil, e o pior, geralmente eram os dubladores da velha guarda que estavam salvando o mercado mesmo.Hoje, após acompanhar canais dos dubladores mais antigos, vejo que o único profissional da área que tem colhões pra falar o que deve ser dito é o Isaac Bardavid, dublador do Wolverine. O Isaac critica como as coisas mudaram muito (e mudaram pra pior), como a dublagem hoje está muito “padronizada”, e isso é a mais pura verdade, mas os senhores Wendel Bezerra e Guilherme Briggs, que estão entre os mais destacados da velha guarda, não falam nada, pelo contrário:De seu pedestal praticamente falam que reles mortais devem se esforçar muito para entrarem na área, principalmente o senhor excelentíssimo irmão da Naruto Woman, o Wendel Bezerra, que é o dublador do Goku e do Sanji.
    Ontem vi o Briggs tecendo algumas críticas em relação à fandublagem, e uma delas foi de como isso é ruim para quem quer entrar no mercado, devido ao fato da fandublagem ser algo que viola direitos autorais. Errado ele não está, mas eu no lugar dele teria ficado calado, por que toda pessoa capaz de realizar um trabalho de obra intelectual sabe que pirataria é ilegal, então pra que falar isso para para os caras se eles já sabem disso? Bem, eu sei o por que: por que hoje ninguém mais precisa da benção das corporações pra dublar as coisas, mesmo sendo ilegal as pessoas vão lá assim mesmo e fazem, mesmo não tendo todo o arcabouço intelectual que o Wendel diz que tem que ter, as pessoas vão lá assim mesmo e fazem, sabem por quê? Por que essa é a mágica da descentralização de mercado.
    A dublagem 30, 40 anos atrás não era essa coisa engessada que é hoje, pra vocês terem ideia: hoje todos os dubladores (no Brasil) dublam separados. Sim, antigamente era tudo junto e misturado, e tinha mais liberdade para os dubladores se soltarem, por isso que dublagens como a do Yu Yu Hakusho foram tão boas (Tô na área, se derrubar é pênalti!).
    E é justamente esse excesso de regras, padrões + o corporativismo das empresas detentoras dos direitos autorais que está matando o mercado. Mas o pior aspecto é este: o ego. As pessoas que fazem fandublagem estão indo bem pra caramba, mas aí os trouxas vão atrás dos dubladores profissionais, rendidos ao mainstream, pra pedirem a opinião deles! Pra quêee!? 🙎🤦‍♂️🤷‍♀️
    Vocês, que fazem fandublagem, acham mesmo que esses caras se importam com vocês? Não se importam, e se vocês quiserem provas, basta observarem como eles ficam quietinhos diante do politicamente correto, e pra piorar eles ainda fazem e falam coisas para defenderem os patrões deles. Esse negócio de dizer que Anime é só 10% do mercado de dublagem (uma crítica contra as pessoas que estão sendo elogiadas por fazerem fandublagem de anime), dizer que você precisa ler muito e ler de tudo para participar desse mercado, dizer que você fazendo fandublagem está violando direitos autorais, tudo isso tem algum fundo de verdade sim, mas eles falam isso única e exclusivamente para desmotivarem vocês. Se os caras chegam ao ponto de criticar a dublagem como algo “pirata”, ou chegam ao ponto de botar a dublagem em um pedestal inalcançável por muitos, isso apenas significa que a fandublagem está prejudicando o trabalho deles, e sabem como?
    Medo.
    Acontece que a fandublagem está melhorando a cada dia, e se as coisas chegaram ao ponto de até o próprio Guilherme Briggs dizer “vocês fazem isso, mas isso é pirataria, eu fazia isso, mas era só entre amigos, em círculos pessoais, dublando star trek. ” é por que a coisa ta feia para o lado so estúdios, e com razão, vejam:
    Wendel Bezerra vive falando que dublagem não é a respeito de voz, que é a respeito de interpretação, atuação, e isso é verdade, mas aí o estúdio dele, o UniDub, vai lá e faz a dublagem do One Piece (versão da Netflix), resultado: a dublagem do protagonista Luffy e do Usopp ficaram uma porcaria (e nem vou entrar no mérito da dublagem de outros personagens), só que aí o Wendel faz um vídeo das melhores dublagens de 2020 e bota o One Piece em primeiro lugar!E pra piorar, tem um monte de gente na internet elogiando a dublagem ruim. E por que eu digo que está ruim? Por que a atuação está digna de trabalho da quinta-série. E por que as pessoas acham que está boa? Adivinhem? Por causa da VOZ.Sim, pergunte para a maioria das pessoas por que elas gostam da dublagem da Netflix feita para o anime One Piece, a maioria fala que é por que as vozes ficaram parecidas com as dos dubladores oficiais japoneses. Mas peraaa, quem dizia que dublagem não é a respeito de vez mesmo? E o pessoal elogiando é justamente esse pessoa mais jovem que não chegou a vivenciar as dublagens dos anos 80 e 90, que estão entre as melhores.
    Pois que o mercado de fandublagem cresça muito, cresça bastante ao ponto do mainstream preferir se adaptar ao mercado, ao invés de sair por aí censurando todo mundo por violação de direitos autorais, até por que propriedade intelectual não é propriedade de verdade, é só um rabisco de político pra proteger os interesses das corporações.
    Quero deixar claro que reconheço o Briggs e o Wendel como excelentes personagens, sim, eles são, mas eles se venderam, e isso é triste. De volta ao meu caso, eu me pergunto: até onde eu vou conseguir chegar no meio artístico? Por que não, eu não desisti do meio artístico, eu só desisti da dublagem (mas talvez até isso eu venha a fazer algum dia para alguma série de YouTube ou algo do tipo), digo isso por que tudo hoje em dia é ofensivo e tentam nos por de joelhos a qualquer custo, e alguns até se rendem sem oferecerem resistência, então até onde é possível seguir carreira sem se corromper? Sem se vender para o Establishment? E isso vale para qualquer coisa no meio artístico, na verdade isso vale para qualquer área da vida: Até onde e até quando?

    O que você achou disso?

    Clique nas estrelas

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

    Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

    E que tal deixar de comer um pastel só por hoje

    e doar o dinheiro para os colaboradores? Vamos lá, eles merecem. 😎

    Pessoas que tornaram esse conteúdo possível:

    Você também poderá se interessar por:

    Compressão do tempo (Na sua vida)

    5 técnicas simples e altamente eficientes para acabar com a procrastinação de uma vez por todas

    Editores que publicam conteúdo ganham 68% da receita do Adsense, diz Google

    A inteligência artificial vai virar a Skynet?

    Envie 12000 emails para até 2000 contatos gratuitamente. O Email Marketing que você tanto procura está aqui!

    Torne-se um colaborador do Lucre Bem!

    0 Comments

      Leave a Reply

      XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

      DMCA.com Protection Status

      Bloqueador de anúncios detectado / Adblocker detected

      Adblock

      🇧🇷 Anúncios são a nossa principal fonte de renda.
      Por favor, adicione o nosso site à lista de exceções do seu bloqueador de anúncios, caso queira visualizar o conteúdo. Prometemos não te incomodar com anúncios popups invasivos. Alguns navegadores, como o Brave, utilizam um bloqueador de anúncios nativo, então pode ser necessário que você abra dois bloqueadores para adicionar o nosso site às listas de exceções.

      🇺🇸 Ads are our main source of income. Please add our website to your ad blocker whitelist, if you want to see the content. We promise not to display invasive pop-up ads.
      Have in mind that some browsers, such as Brave, use native ad blockers, so you may need to open both blockers to whitelist our website.