Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Tweetar

A depressão nada mais é do que o acúmulo de sentimentos negativos, geralmente tristeza e frustração, que levam a um padrão de pensamento regido por baixas vibrações (Tristeza constante), provocado pela nossa incapacidade de aceitarmos as coisas como são.

 




Existem coisas na vida que somos capazes de mudar e coisas que não somos capazes de mudar, e tem também aquelas coisas que somos capazes mudar, mas queremos mudá-las logo, e como elas não mudam no ritmo que queremos, nos frustramos. É preciso observar também se os meios que estão sendo utilizados para se mudar tais coisas são os meios corretos. Se algo não funciona, a resolução do conflito é apenas uma questão de mudança de estratégia.

E então dizem que depressão não tem cura. Não tem cura por que não existe. Mesmo os seres humanos ditos mais saudáveis passam por momentos de depressão às vezes, a diferença entre uma pessoa feliz que passa por momentos de frustração seguida de tristeza, para uma pessoa que é tida como alguém "Deprimido" está apenas na filosofia de vida de cada um dos dois. É necessário permitir-se viver mais, sem julgamentos (Seja das coisas, de si mesmo ou dos outros), e ser desapegado do mundo da matéria. Não estar deprimido é o mesmo que estar livre. Livre de qualquer coisa que te faça se apegar mais e mais ao ego.

Acredito que seja seguro dizer que todos nós já passamos por isso um dia ou ainda passamos por isso, pois o mundo em que vivemos é conturbado, e quanto mais nos envolvemos com ele, mais conflitos geramos em nossas mentes, e isso não só nos deprime, como também, metafisicamente falando, nos leva a desenvolver todo o tipo de doenças que poderiam ser evitadas.

Então não é que a depressão tenha uma cura, é a nossa forma de enxergar o mundo e de lidar com ele que precisa mudar. Podemos conseguir isso através da oração, meditação ou auto-observação (Mindfulness) seguida de mudança de hábitos. Uma alimentação saudável também influencia aqui.
Somos seres que nascemos essencialmente bons, mas a partir da hora em que começamos a alimentar o ego, começamos a ter todo tipo de problemas.

O ego pode ser alimentado de várias formas, seja com vaidade, tristeza, arrogância, vícios, ignorância, superstições, etc, ele é o nosso maior inimigo, ele possui várias camadas e ele terá de ser combatido pelo resto de nossas vidas, mas ele não é inteiramente ruim, afinal de contas, que mulher não fica extremamente alegre quando se casa e tem filhos, ou qual homem não fica extremamente alegre quando obtém sucesso em sua área profissional, mesmo esses eventos em si não sendo a verdadeira felicidade?

Não estou aqui para julgar ninguém, apenas me deparei com esse problema na minha vida, procurei estudá-lo e então descobri uma forma de viver livre dele.

A questão é, livre por quanto tempo?
Até onde estou disposto a adotar e manter um padrão de pensamento fora da minha zona de conforto?

A cura da depressão está na mudança de hábitos, na auto-observação, no ato de procurar livrar-se dos preconceitos e de aceitar as coisas como são, aceitar que cada coisa tem o seu tempo e que há coisas no mundo (E pessoas) que não somos capazes de mudar. Se você seguiu essas instruções, livrou-se da depressão, mas depois ela voltou, é por que você desviou-se desse caminho, apenas volte para esse caminho e tudo ficará bem.

De forma empírica (Experiência pessoal) pude observar que no meu caso uma das coisas que me deixaram deprimido na vida foi o fato de sonhar alto, mas não aceitar que quanto maior o sonho, maior poderá ser (Não quer dizer que vai ser) o trajeto a percorrer para se alcansar esse sonho, e então a minha incapacidade de aceitar que aquilo ali ainda não veio na hora que eu queria acabou me deixando deprimido.

Observe que não existe depressão sem antes haver frustração. Você quer muito uma coisa, você luta por ela, você não consegue ou vê que nem adianta lutar por que já se deu como vencido, e então você se frusta, fica triste, começa a pensar demais nisso, e isso cria um quadro mórbido, e quanto mais você alimenta isso, mais difícil fica você sair disso, eis aqui a necessidade de se matar o ego, matando-se o ego, mata-se o pecado, também conhecido no budismo como Ilusão, é necessário desapegar-se daquilo que te faz mal, para ser verdadeiramente livre.

Para os espiritualistas, deixo aqui isso que tem me ajudado bastante em minha vida, a meditação Shinsokan da Seicho no Ie, faça sem preconceitos:




E também a sutra sagrada, Chuva de Nectar da verdade, com a qual você irá aprender que a doença é irreal e que Deus é a única verdade:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve."
Mateus 11:28-30

O que acontece na minha vida não é culpa dos outros, de seres externos como espíritos, demônios, oxus, e sim culpa minha, e que é meu dever controlar meu próprio destino.

Curtiu? Conte para os seus amigos:  
Mulher de sucesso
63 Ebooks feitos para o seu sucesso + Loja virtual com guia de instalação e configuração + Bonus. Mais de 14.356 pessoas já assinaram!
Insira seu nome e email para receber os links de Download:

Conheça o autor
Matheus Lopes
Author: Matheus Lopes
Sobre o autor
Autor principal do Lucre Bem, Matheus tem como objetivo principal trazer para você todas as formas de empreendedorismo, renda extra, marketing e publicidade para que você possa iniciar seu negócio na internet ou fora dela. Aqui no lucrebem.com.br você também encontrará artigos sobre games, política, retro-games e pescaria.

 
Veja Também:

Infelizmente não há nenhum conteúdo relacionado ao artigo desta página.