Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Tweetar

Esquemas fraudulentos de renda extra são cada vez mais comuns dentro e fora da internet, sempre prometem fórmulas milagrosas que o farão, ou ficar rico, ou conseguir uma enorme quantia de dinheiro, da noite para o dia.

As propagandas são sempre as mesmas, e os meios de ganhar dinheiro também, por isso fica fácil identificar um esquema desse tipo.

Os meios mais comuns de esquemas fraudulentos de renda-extra são:

NA INTERNET

1 - ANÚNCIOS EM SITES DE CLASSIFICADOS
 
Alguém entra no site e coloca um anúncio relacionado a oportunidades de grandes ganhos, geralmente é assim “Empresa americana contrata, ganhos de até 3000 Reais por mês” ou “Tenha uma renda extra trabalhando a partir de casa, ganhos iniciais de até 4000 Reais por mês”.
 
2 - ARMADILHAS EM SITES DE CLASSIFICADOS E SITES DE EMPREGO
 
Você coloca um anúncio procurando emprego, dentro de 1 semana te ligam em casa chamando para uma “entrevista”, você vai, e ao chegar lá, você percebe que a única coisa que querem é te fazer vender os produtos de alguma linha de cosméticos, ou produtos de saúde. Geralmente eles te mostram uma apresentação no Power Point ou um vídeo de pessoas que obtiveram “sucesso trabalhando com isso”. Eu (O autor), já caí nesse tipo de esquema, 3 vezes, mas obviamente o meu NÃO para tal empregador foi muito bem educado. Como foram essas três vezes?
 
PRIMEIRA VEZ
 
Isso não é bem uma pirâmide, mas funciona de forma parecida. Não deixa de ser propaganda enganosa. Dois anos atrás, uma empresa de informática que possui filiais em boa parte do país, e que investe até mesmo em publicidade na TV, empresa esta que eu prefiro não dizer o nome, ficou durante 1 semana me ligando em casa “para me oferecer emprego”, e onde conseguiram meu número? Provavelmente viram algum anúncio meu, em algum site de classificados procurando emprego. Quase todas as vezes em que ligaram, eu estava ausente, até que um dia conseguiram falar comigo, nem me lembro bem o que falei, acho que havia pedido para me ligarem outra hora, enfim, uns 2 dias depois me ligaram novamente, marquei a tal entrevista, quando cheguei na empresa, para minha surpresa, uma garota que aparentava ter uns 22 anos me levou para uma sala fechada e pequena, ela se sentou do outro lado da mesa e começou a chamada “entrevista”. Não demorou muito para perceber que ela estava tentando me vender um curso profissionalizante na área de telemarketing, e com prestações nada baixas, se não me engano, era mais de 200 Reais por mês, com esse valor da pra pagar uma faculdade de Marketing! Quando questionei sobre o emprego, ela me disse que primeiro eu teria de fazer o curso, para que depois, de acordo com o meu desempenho ao redor do curso, eu conseguisse um emprego na área. Eu até falei sobre contrato, sobre assinarem um termo de compromisso dizendo que me dariam o emprego caso eu atinge a tal nota no curso, falei isso apenas para ver a reação dela, por que para mim aquela conversa já estava encerrada, e eu estava perdendo meu tempo. Ela simplesmente me disse que não precisava por que ela estava me dando a sua palavra, veja só, ela me “deu sua palavra”, como se a palavra de alguém que eu nunca vi na vida valesse algo para mim, e eu falei pra ela que a palavra dela não valia nada pra mim, pois nunca a havia visto na vida. A garota de todas as maneiras tentou me convencer a matricular no curso, por fim ela desistiu e eu também já estava querendo sair, então veio o momento “educação”, onde ela abriu a porta, eu saí e agradeci, ela nem olhou para minha cara, fui embora e nunca mais voltei naquela empresa. E até hoje, se for pra indicar alguém pra fazer um curso de informática, não indicaria aquele lugar nem se fosse a última empresa do mapa.
 
SEGUNDA VEZ
 
O dono de um Hotel, que fez uso da mesma tática da empresa anterior (Aquela de sair na internet procurando por “sortudos”), ligou para mim e marcou uma “entrevista de emprego” para o próximo dia, às 11h30min da manhã.
Chegando lá, sentei-me num sofá no segundo andar do prédio, pois era uma sala que ficava antes da sala do “entrevistador”, era aproximadamente 11 e 15 da manhã, passaram-se alguns minutos e chegaram outras duas pessoas, um homem que aparentava ter uns 30 anos de idade, e outro que aparentava ter uns 20.
Não se passou 1 minuto, o tal entrevistador chegou, e levou os três “candidatos” para a sala.
 
Sentamos-nos um ao lado do outro, de frente para o entrevistador que estava do outro lado da mesa, ele se apresentou e então colocou um vídeo no computador, o vídeo parecia ter cara de mil nove centos e aqui jaz o Seu Madruga, descanse em paz.
Pela qualidade do vídeo, dava pra ver que havia sido convertido de alguma fita VHS. O vídeo começou falando de uma grande oportunidade, mas por incrível que pareça, não utilizava a palavra “renda extra”, de repente mostrou algumas pessoas dando seus depoimentos e uma delas era um rapaz que estava andando numa moto que mais parecia uma CG Titan 125 ano 95, vejam a foto:
CG 125 Titan 1995
Na verdade, a moto era tão feia que nem devia ser uma CG Titan 125, acho que só tinha o mesmo farol quadrado.
Quando chegou à metade do vídeo, eu já desconfiava que fosse um esquema de pirâmide de uma famosa marca de vendas de produtos de nutrição, mas que também não vou dizer o nome, deduza qual é.
 
Naquele momento, senti uma enorme vontade de me levantar e sair sem falar nada, mas por educação terminei de ver o vídeo.
Após o término do vídeo, o dono do Hotel tentou nos persuadir a comprar um kit de produtos. O rapaz mais velho disse que não iria poder trabalhar com aquilo, pois iria viajar para Goiânia, o tal entrevistador “contra-atacou” com aquela frase clássica “Mas em Goiânia também tem -- Nome da empresa --”, o rapaz inventou outra desculpa e se safou. Perguntou para o outro rapaz e ele respondeu algo parecido. Por fim, os dois foram embora e ele pediu que eu ficasse, pois, durante a reunião, quando havia perguntado as atividades de cada um, eu disse que trabalhava com internet há algum tempo e que já havia sido empresário. Viu em mim um possível otário vencedor.
 
Tentou me convencer a vender os produtos e em troca iria me deixar utilizar uma sala de eventos do hotel para poder dar aulas de Web Design. Decidi ir embora, perguntou se eu iria comparecer à reunião do outro dia, na pressa eu disse que sim. No outro dia de manhã me ligou perguntando se iria, eu disse que sim, mas que só iria trabalhar da mesma forma que ele trabalhava, (lol?), ele ficou meio surpreso e me perguntou de que forma ele trabalhava, eu disse que era indicando pessoas, aí ele retrucou dizendo que para isso eu teria que primeiro fazer um curso e ir às Workshops. Minha resposta, obviamente, foi um NÃO.
Três meses depois, o mesmo ser humano me ligou pedindo para marcar entrevista de emprego. Eu achei engraçado e falei que já tinha ido lá, mesmo assim ele ainda não se lembrava de mim, ficou sem graça e desligou.
 
TERCEIRA E ÚLTIMA VEZ
 
Um caso parecido com o anterior. Alguém me liga em casa, marca uma “entrevista” de emprego, eu vou à empresa da pessoa, sento, espero pelo “empregador”, ele chega e me mostra uma apresentação do Power Point, me recuso a participar, falo que estou procurando emprego e que fui lá pra isso, ele fala que emprego não tem, mas que trabalho ele tem de sobra, eu recuso, ele insiste, bla, bla, bla. Fui embora frustrado e nunca mais marquei entrevistas por telefone, a menos que fosse de uma empresa conhecida, por exemplo, o Mcdonalds, FIM.
 
3 - BLOGS DE RENDA EXTRA QUE VENDEM LIVROS QUE PROMETEM DESVENDAR OS SEGREDOS DO BLOGUEIRO MILIONÁRIO
 
Sinceramente, quando é um livro de um curso, tudo bem, mas um livro sobre os segredos do blogger milionário, que foi escrito pelo próprio dono do blog, e que nunca ficou rico com o mesmo, é estranho, chega a ser ridículo.

FORA DA INTERNET

1 - O CHAMADO COQUETEL
 
Algum amigo seu resolve revender um produto e te chama para um coquetel na casa dele, um tipo de reunião com Comes e Bebes, chegando lá, você percebe que ele preparou o tal coquetel utilizando esses produtos que está revendendo, ou, quando não é um produto alimentício, ele prepara um banquete e durante esse banquete tenta te vender algo, obviamente com um catálogo em mãos. Até aí tudo bem, o problema é quando o seu amigo na verdade é um Amigo da onça e ao invés de tentar te vender algo, tenta te convencer a revender algo. Pule fora. Não, não preciso explicar nada, apenas pule fora, se não, você verá a mesma estória que eu vi quando fui às três “entrevistas de emprego”.
 
2 - AS VAGAS DE EMPREGO
 
Assim como na internet, fora dela também há várias pessoas que anunciam vagas de emprego prometendo um ofício onde você obterá grandes ganhos da noite para o dia, e geralmente utilizam os mesmos anúncios que se vê na internet, o mais comum deles é aquele da empresa “Americana” que contrata, e geralmente fica pregado em postes, ou é divulgado até mesmo em agências de emprego.
 
3 - O CONVITE DO VENCEDOR
 
Com certeza a forma mais clássica e que, por mais incrível que pareça, é a mais convincente. Trata-se do convite do vencedor, ou o convite DO CARA, aquele que diz ter ficado rico com isso e que agora quer que você fique rico também. Geralmente O CARA exibe objetos como o carro 0 km no valor de 70, 90, 120 mil Reais, ou o “pobre coitado” que não tinha nada e de repente comprou seu chamado carrinho, apenas com o lucro de revenda de produtos de esquemas de pirâmide, e que antigamente “batalhava” dia após dia para tirar o sustento da família, mas agora virou O CARA. Pobre coitado que virou O CARA ou ser aleatório que virou O CARA, não faz diferença, um ou outro irá mostrar o carro 0 km, o Rolex de ouro no braço, a casa de luxo que comprou, o dinheiro que circula em sua conta por mês. Esses são os mais perigosos indivíduos, pois eles possuem meios convincentes o suficiente para tentar enganá-lo.

FICA A DICA

Certa vez uma professora me contou o caso de um parente dela que era engenheiro, trabalhava numa ótima empresa, ganhava muito bem e se “entrou na onda” de revender produtos de nutrição. PRA QUÊ? O resultado: Ficou pobre, devendo e quando foi reclamar com uma das pessoas que “trabalhava com ele” (Coloquei entre aspas por que pela lógica ele era o empregado, e o outro, o capataz) e recebeu como resposta “Oproblema é seu, ninguém te mandou ser otário.” Ganância não leva à nada.
 
Precavei-vos cuidadosamente de qualquer cupidez, pois mesmo na abundância a vida do homem não é assegurada pelos seus bens.” Lucas 12,15

RACIOCÍNIO EXISTE PARA SER UTILIZADO

Não caia nesse tipo de esquema, pois mesmo que você chegue a ter um produto de verdade para revender, você dificilmente conseguirá lucrar com isso, o dinheiro que conseguir será usado para comprar mais estoque e gastar com os chamados Workshops. No final das contas você acabará por “pagar para trabalhar”. As únicas pessoas que lucram com esquemas fraudulentos são as que estão no topo da pirâmide, ou seja, as que indicam outras pessoas para trabalharem como escravos.
 
Sem mais. Obrigado pela leitura.
Comente, mostre o texto para seus amigos, passe para dar um Oi (Você será respondido).
 
Empenhar-se ativamente para alcançar determinado objetivo dá à vida significado e substância. Quem quiser vencer deve aprender a lutar, perseverar e sofrer.
Bruce Lee

Curtiu? Conte para os seus amigos:  
Mulher de sucesso
63 Ebooks feitos para o seu sucesso + Loja virtual com guia de instalação e configuração + Bonus. Mais de 14.356 pessoas já assinaram!
Insira seu nome e email para receber os links de Download:

Conheça o autor
Matheus Lopes
Author: Matheus Lopes
Sobre o autor
Autor principal do Lucre Bem, Matheus tem como objetivo principal trazer para você todas as formas de empreendedorismo, renda extra, marketing e publicidade para que você possa iniciar seu negócio na internet ou fora dela. Aqui no lucrebem.com.br você também encontrará artigos sobre games, política, retro-games e pescaria.

 
Veja Também: