Lucre Bem Instagram

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Tweetar

Atenção, eu escrevi esse artigo quando ainda tinha fé em um ou outro movimento de rua ou formador de opinião. Atualmente sou a favor da intervenção militar, pois vi que no cenário atual não da mais pra confiar em ninguém, logo, não existe outra solução se não chamar as forças armadas. A república faliu e o país está infestado de viboras comunistas.

10 de setembro de 2016, o Brasil enfrenta um cenário pós(?)apocalíptico, Dilma não é mais presidANTA, mas mantém os poderes depois de um golpe parlamentar costurado pelo STF, mesmo assim, agora é hora de arrumar a bagunça e continuar lutando até que a última escoria envolvida em todos esses atos contra a soberania nacional vá presa. E eu realmente deveria postar isso na categoria de Política, mas não vou, pois nesta categoria de Empreendedorismo esse artigo vai ter uma maior exposição, além do mais, vou tocar no assunto Economia.
Este artigo será uma breve análise do projeto ponte para o futuro, a situação cultural do brasil e como tudo isso afeta não apenas a vida do empreendedor brasileiro, como também a vida do trabalhador. Minha missão aqui é desmistificar esses sites de mídia esquerdista, como Globo.com, Brasil247 e Folha de São Paulo, os outros não valem a pena nem serem mencionados aqui, pois são escórias que só existem para induzir as pessoas ao erro, agindo de forma antipatriótica.

Primeiramente:



Temer, o golpista

Eu queria mesmo entender a mentalidade de quem acusa de golpista um candidato que o próprio acusador elegeu, ou você esquerdista que votou na Dilma pensou que o vice fosse o tiririca de terno?
Quando Cunha estava do lado povo, era Fora Cunha, agora que Temer está na presidência, é Fora Temer, mas Temer ficou do lado da Dilma durante dois mandatos, por que você esquerdista, socialista, marxista, comunista, leninista, stalinista, chapista, taxista, eletricista do PT não pediu a saída do Temer antes?

A resposta é bem simples: Por que não era conveniente. Golpista para um esquerdista é todo aquele que está ocupando o lugar de quem ele apoia, nesse caso o Temer que está no lugar da Dilma. A esquerda se diz tão democrática, mas fizeram o inferno para rasgar a constituição e conseguiram. Dilma está livre, leve (Não, espera, leve não) e solta, e agora vai viajar mundo afora falando do “Golpe” (Não gostou de ter tomado um Hadouken do povo brasileiro). Por isso o Temer é chamado de golpista, pois para os esquerdistas a democracia é um instrumento que só deve funcionar única e exclusivamente para eles e mais ninguém. São ditadores, ditam como devemos nos comportar, olhar, falar, andar e se reclamar ainda vai preso, por que fazem uso do Estado para isso. Mas todos nós sabemos onde um Estado extremamente inchado acaba: No comunismo, pois é quando o Estado já tem tanto poder, mas tanto poder, que nada se opõe a ele, então destrói-se o Estado e implanta-se o comunismo.

Finalmente uma sociedade onde todos são iguais (O povo que agora sucumbe na miséria), mas alguns mais iguais do que os outros (Os porcos que assumiram o poder). Aí já não existem mais esquerdistas, pois já estão todos mortos ou presos. Soube que recentemente a Korea do norte proibiu o sarcasmo e a ironia, mas não, socialismo é ótimo, socialismo é o futuro da humanidade, assim disse o porco universitário petista que nunca precisou trabalhar na vida. :)

2 anos: Este é o prazo que você que está lendo isso, e que é um ser humano que não está fora da realidade, tem para decidir se vai continuar no Brasil ou “vazar” de vez. E para onde ir? Muitos países europeus possuem um alto IDH e são fáceis para brasileiros entrarem como imigrantes, como é o caso da Irlanda. Na Alemanha você pode entrar sem visto e ficar por três meses, inclusive trabalhando, faça uns contatos, trabalhe um pouco, volte para o seu Brasil e depois tente voltar para a Alemanha legalmente. Portugal também é fácil. Não vai imigrar? Você quer continuar lutando pelo seu país? Excelente, muito nobre da sua parte...

O problema cultural

Se o seu motivo para continuar morando no Brasil, e lutando pelo Brasil, for “Eu luto contra a corrupção”, parabéns, você já perdeu não apenas a batalha, como a guerra inteira. A luta não é contra A corrupção em si, por que corrupção sempre irá existir, a luta é contra as pessoas que tentam corromper o sistema mais e mais, mas não se limita a isso, o maior problema é o sistema que essas criaram e ainda mantém. Em outras palavras, a roubalheira dos políticos é sim um problema, mas é o menor dos problemas, o maior problema do Brasil é CULTURAL! Não importa quem esteja no poder, se é de esquerda, direita conservadora, centro, direita liberal, whatever, o problema principal do Brasil é o próprio brasileiro que precisa mudar de mentalidade, e isso é pra ontem!

Então não adianta o quanto você lute contra a corrupção, quantas dezenas de centenas de milhões de pessoas acabem indo para as ruas protestar, enquanto o brasileiro continuar com o cérebro do tamanho de uma ervilha, o Brasil vai ser sempre a mesma coisa.

O Final Fantasy brasileiro

Atualmente o cenário em que vivemos chama-se Anarco-democracia. Esse termo deve ter te surprendido, visto que há mais de 30 anos o Brasil sofre de doutrinação esquerdista, fazendo assim com que muita gente diga que essa é uma cultura de esquerda, bom... sim e não. Você vai me dar razão num instante. Escolhi Final Fantasy para utilizar como exemplo por que acredito que seja a série perfeita para comparar com o que vem acontecendo com o Brasil.

Todos os jogos de Final Fantasy envolvem um grupo de pessoas que se une para combater um mal, provavelmente um tirano, um demônio, uma mutação genética que quer destruir o mundo (Exemplo: Sephiroth), inclusive existe um livro muito bom chamado "Final Fantasy and Philosophy" e em boa parte dos títulos da série essas pessoas começam como desacreditadas, ou sendo vistas como criminosas, possíveis criminosos, mentirosos, ladrões, etc. Mas com o passar do tempo o povo vai vendo o quanto o sistema atual é falho e aquele grupo, antes desmerecido, se faz necessário para combater os opressores, e esse grupo vai ganhando destaque pelos feitos, ocorre que depois de muito sofrimento o grupo consegue tirar os opressores do poder e libertar o povo, essa é a lógica da série Final Fantasy, essa lógica está presente em todos os títulos que possuem modo história (Ou seja, as verões online não contam, creio), mesmo que os contextos sejam diferentes de título para título, como todo jogo de RPG o objetivo é fazer o bem triunfar sob o mal, onde você acaba interpretando o papel do ator principal, mas o que diferencia Final Fantasy dos outros RPGS é que ele trabalha mais o lado utópico da coisa, visto que ele é uma fantasia e todos nós sabemos que utopias são fantasias, entretanto, Final Fantasy, metaforicamente falando, é o melhor RPG para se comparar com a realidade brasileira, por que as pessoas estão realmente vivendo em uma realidade que não existe. Está todo mundo pensando que finalmente acordaram para a realidade, quando o máximo que descobriram foram as outras dualidades no mundo.

ffbrasil

Em um cenário real esse grupo de pessoas que luta pelo bem não deixaria de ser incorruptível, como acontece na série. Na moral da estoria o grupo de mercenários que vai salvar o mundo serve apenas para que VOCÊ use como exemplo percebendo que VOCÊ é o responsável pelo futuro do seu país, mas ao invés disso, as pessoas interpretam de forma literal. Isso não é diferente dos romances cor de rosa onde o herói salva a donzela em apuros. As pessoas do mundo real são como o povão da série de Final Fantasy, desacreditam no grupo de pessoas que está lutando contra a opressão, mas depois passam para o extremo oposto. Só que o jogo é apenas um jogo, e é uma fantasia, na vida real são outros 500.

O mundo real não é um mundo de fantasia, e eu vejo pessoas idolatrando políticos de esquerda/centro/direita, Anarco-capitalistas (Ou o que quer que seja) e o mesmo para formadores de opinião, idolatram esses indivíduos como salvadores de pátria, estão hipnotizados, vivendo em uma terra de fantasia, a esquerda é extremamente ilógica e egoísta, a direita até chega a ser bem lógica em certos posicionamentos, porém isso não faz dela a detentora da razão absoluta, o mesmo vale para os outros posicionamentos políticos. Extremismo é extremismo, independente de qual lado estejamos.

As pessoas se esquecem de política é disputa de poder. Mas de repente surge um que descobre que política é disputa de poder, e qual é a solução dele? Anarco-capitalismo. Ou seja, um lado quer que o Estado tome conta de tudo, outro lado pede o Estado mínimo, e o outro lado quer acabar de vez com o Estado, mas nenhum dos lados oferece uma solução 100% válida, apenas soluções temporárias para problemas temporários, com exceção do anarco-capitalismo que na minha opinião é tão absurdo quanto o comunismo, é tão absurdo, mas tão absurdo, que você já perde o debate só de tentar debater com o anarco-capitalista. é um nível de utopia acima de 8000, pra quebrar o medidor do Vegeta.

A solução para o problema cultural e o resto

Não existe e nem nunca vai existir sociedade perfeita, da mesma forma que não existe um método pre-estabelecido para resolver todos os problemas de uma sociedade, entretanto, existe algo extremamente simples de praticar, chama-se atitude. Cada ser humano deve acordar para o fato de que ele é o responsável pela sociedade em que vive. É preciso analisar o que precisa ser mudado em cada contexto. Então não adianta ficar brigando pra tentar mostrar que o melhor lado é a esquerda, a direita, o centro, o liberalismo, o que for, embora todas as pessoas sãs de suas faculdades mentais saibam que de todos os posicionamentos políticos, a esquerda é o lado que mais joga sujo, por ser o lado que está mais afastado da realidade (sendo que até mesmo os Anarco-capitalistas tiram sarro da cara dos esquerdistas), mais afastada da própria lógica (Pesquise no Google: Esquerdismo é doença mental – Lyle Rossiter), ainda assim é possível se beneficiar de cada um dos lados. Eu queria mesmo saber quem foi que inventou, quem foi a pessoa que decretou que o ser humano deve se polarizar em um posicionamento político. Se você apoia a redução das leis trabalhistas, você é coxinha (Direita), se você não luta contra o casamento Gay você é de esquerda (No Brasil: Mortadela, maconheiro de universidade, gayzista, etc), se você acha que as ideias dos dois lados podem ser conciliadas você é um traidor, se você vai pra rua apoiar a igualdade de direitos e responsabilidades (Liberalismo), você é pior do que todas as situações anteriores.

Nisso temos uma anarco-democracia, que é uma sociedade onde as pessoas não obedecem a maior parte das leis, por que a maior parte das leis é imoral e a parte que deveria ser cumprida não se cumpre, por quê? Por o sistema de governo vigente no Brasil criou essa realidade, mas isso não está apenas relacionado às leis, como também está relacionado à forma como as pessoas se relacionam. O seu direito à liberdade de expressão está garantido pela constituição, mas culturalmente tem-se um lado que confunde liberdade expressão com incitação ao ódio e do outro lado tem-se grupo que é ultrassensível, gosta de acusar as pessoas, de rotulá-las, mas na primeira ofensa que recebe chama o Estado pra servir de babá.

Tem-se um grupo que quer destruir tudo (Inclusive o Estado), por que nada está bom, nada presta; tem-se outro grupo que quer mandar em tudo (Usando o Estado) e quer perverter toda a sociedade, por que o conservadorismo é uma cultura repressora; tem-se aquele grupo que pede o Estado mínimo, mas quer que tudo seja feito do jeito dele, por que a sociedade está muito pervertida e somente ele tem a “cura” para a decadência do mundo “ocidental”.

É uma bagunça total, um grupo tentando matar/humilhar o outro, e quem fica de fora não sabe nem o que fazer, enquanto isso uma minoria pinta e borda: Os bandidos, ladrões, vândalos e corruptos.

Eis aí a necessidade de termos uma direita conservadora, de termos um liberalismo sem máscara de direita/esquerda, e de aproveitarmos o que pode ser aproveitado em cada conjunto de ideias, mas sem que para isso tenhamos que jogar a bandeira da pátria de lado para abraçarmos a bandeira de um partido/ideologia. Todo mundo gosta de ter riqueza e liberdade, bem como reconhecimento, mas nós devemos trabalhar em prol daquelas necessidades que são mais urgentes no contexto atual.

No caso do Brasil, tivemos 13 anos de PT, e veja como está o Brasil hoje. A cultura brasileira é a cultura do egoísmo, é a cultura onde a maioria dá prioridade ao que não importa, e isso não é só por que o Brasil teve décadas de doutrinação esquerdista, mesmo na época em que Portugal mandava no Brasil o brasileiro já tinha essa mentalidade de cachorrinho lambe botas, se dividindo em dois grupos:

O grupo que puxa o saco dos poderosos pra sobreviver
O grupo que puxa o saco dos poderosos para ter poder

E até hoje muitos brasileiros ainda sonham em conquistar poder e ter seus próprios escravos. A questão é que hoje a escravidão está em um contexto diferente.

Mas eu (E eu posso estar engano) nunca vi no Brasil uma cultura que incentiva o Brasileiro a ter amor próprio e lutar pela liberdade (Liberdade individual, econômica, etc) sem que isso viesse disfarçado de cultura da ditadura. O país conquistou a própria independência sem sangue, como pode isso? Não teve de lutar, nem nada? Tem algo estranho aí. O Brasil sempre teve essa cultura do “Vou puxar o saco do mais poderoso para que assim eu também tenha poder ou possa sobreviver”. O brasileiro ainda não acordou para o fato de que ELE é o salvador da pátria, e não os políticos, idealistas, ou quem quer que seja. Não se vê um brasileiro com uma espingarda na mão em suas terras botando o MST pra correr, pelo simplesmente fato de que o PT desarmou o povo, criou uma política de protecionismo para os bandidos, e agora o agricultor prefere morrer com toda a sua família assassinados a ter que infringir uma lei para proteger a própria família, embora eu já tenha conhecidos alguns na vida que tinham armas em casa e que já falaram até com a polícia "Olha meu amigo, o que eu vou fazer caso chegue alguém aqui e coloque a vida da minha esposa e filhas em risco?", infelizmente essa é a realidade, e com certeza esses policiais fizeram vista grossa. Com razão, uma lei que coloca em risco a vida de um cidadão de bem é tão perigosa quando um traficante do morro.

O exemplo vem de fora

Existem condados nos Estados Unidos onde o governo americano nem chega perto, por que nesses lugares são os xerifes quem mandam e o povo tem suas próprias leis, que funcionam pelo bem da própria sociedade em que vivem. Seguem as leis estatais? Sim, não são anarco-capitalistas, mas também não seguem todas as leis estatais. São pessoas que sabem que se o governo desarmá-las, por exemplo, elas irão ficar na merda, e não é apenas isso, como também cada americano conhece os próprios direitos e pelo menos boa parte os faz serem cumpridos, exceto pelos preguiçosos que não levantam a bunda da cadeira nem para irem votar, mas idiotas uteis existem em qualquer canto do mundo, o problema é quando são maioria, como ocorre no Brasil e agora eu vou chegar no assunto principal deste artigo...

A salvação da economia

Para se resolver o problema cultural do Brasil serão necessárias décadas, creio que de 20 à 50 anos, pois a educação está arrasada, o nível de criminalidade é alto, dentre outros fatores, entretanto, existem sim aquelas coisas que podem ser resolvidas desde já e talvez não levem tanto tempo, uma delas é a retomada da economia, entretanto, a esquerda, usando de todas as suas sujas artimanhas não deseja isso. O que mais me impressiona é que esquerdistas adoram o luxo e vida fácil, querem viver de mordomia ao mesmo tempo em que acusam os direitistas de burgueses opressores.

Para resumir o projeto do PMDB, ele simplesmente visa reduzir as leis trabalhistas (Ou até cortar as que não sejam realmente necessárias), fazer reajustes fiscais, vender estatais que não dão lucro, e olha quanto o trabalhador paga para o governo mensalmente:

FGTS: 8% por mês.
Décimo terceiro: 8% por mês.
Aposentadoria: 30% por mês.
Resultado: 46% do SEU salário vai para o governo decidir como investir. Não seria melhor se esse dinheiro fosse para o seu bolso e aí você decidiria como utilizá-lo? E já mencionei que você não está economizando dinheiro nenhum? Você economiza 46% por mês, entretanto, vem a inflação e desvaloriza seu dinheiro, já que ele não está protegido, quem sai ganhando com isso é o governo e os bancos, e isso sem contar que quem está gerenciando esse dinheiro é o governo. E nunca na história deste país os bancos fizeram tanto dinheiro quanto fizeram durante o governo do PT.


E não para por aí. Um empresário ao empregar alguém tem que pagar 1 salário mínimo para o empregado + 1 salário mínimo para o governo (Mensalmente), e o governo quer receber independente do empresário ter lucro ou não. Ou seja, você que está empregado custa duas vezes o seu salário para o empregador, e o empregador ainda se lasca com o governo.

Todo o dinheiro que circula na economia sai do bolso do empresário, porém, a cultura brasileira incentiva o brasileiro a prestar concurso, mas demoniza o empreendedorismo. Dizem que empresários são todos safados e ladrões, te garanto que não mais quanto os políticos que estão lá em brasília. Portanto, tem se uma cultura cada vez menos interessada em empreender, e mais interessada em depender do Estado. Isso sem mencionar com toda a burocracia que existe para abrir e manter uma empresa no Brasil.

Eis aqui um link para o documento do projeto “Fonte para o Futuro”:
http://pmdb.org.br/wp-content/uploads/2015/10/RELEASE-TEMER_A4-28.10.15-Online.pdf

E para que você entenda melhor sobre o assunto, assista a este debate:

Link direto: https://www.youtube.com/embed/pIWErL-Mlmk



Quero deixar claro que eu não apoio o Temer, todos os envolvidos na roubalheira deverão pagar, mas cada coisa tem sua hora, e neste momento o que nós precisamos é recuperar a economia, e para isso teremos de cortar gastos, limpar, reformar e pintar a casa, pois o estrago deixado por lula e Dilma foi tão grande, que talvez nesses dois últimos anos de governo Temer nem seja possível corrigir metade desses problemas deixados por essa quadrilha terrorista chamada PT.
Curtiu? Conte para os seus amigos:  
Mulher de sucesso
63 Ebooks feitos para o seu sucesso + Loja virtual com guia de instalação e configuração + Bonus. Mais de 14.356 pessoas já assinaram!
Insira seu nome e email para receber os links de Download:

Conheça o autor
Matheus Lopes
Author: Matheus Lopes
Sobre o autor
Autor principal do Lucre Bem, Matheus tem como objetivo principal trazer para você todas as formas de empreendedorismo, renda extra, marketing e publicidade para que você possa iniciar seu negócio na internet ou fora dela. Aqui no lucrebem.com.br você também encontrará artigos sobre games, política, retro-games e pescaria.

Por que você deve anunciar aqui: A maioria dos visitantes, 93,35%, deste site vem do Brasil, o restante vem dos EUA, India, Portugal, Europa e companhia limitada. Mais de 13.214 pessoas visitaram este site só nos últimos 3 meses, totalizando + de 15.400 visualizações de página! Data desta publicação: 19 de outubro de 2016. Data do relatório: 18 de julho de 2016 à 18 de outubro de 2016 :)
Saiba mais, clique aqui.

 
Veja Também: